PORTA DOS FUNDOS NA ONDA DOS CURSOS ON LINE - Priscilia Queiroz

Coloquei esta headline porque vi que um dos maiores canais de conteúdo do Youtube do Brasil está na crista da venda dos cursos on line. Pergunto.
Foco ou oportunidade?

É possível afirmar com tranquilidade que o EAD no Brasil não para de crescer e a expectativa é que cresça cada vez mais. Segundo uma pesquisa realizada pelo Sagah, as projeções apontam que em 2023, mais alunos estarão matriculados em um curso EAD do que um curso presencial. Hoje, o ensino superior a distância no Brasil já chega a 26% do número total de alunos.
Já parou para pensar porque estamos vivendo esse movimento no ensino a distância brasileiro e quais são os fatores que influenciam esse crescimento tão acelerado?
Chamo atenção aqui para algo que falo sempre para minha comunidade, palestras e afins sobre foco e oportunidade.
Vamos começar lembrando como nasceu o Porta dos Fundos:
No final de 2011 Fábio Porchat e Ian SBF, fundadores do canal de Youtube Anões em Chamas, e Antônio Tabet, criador do site de humor Kibe Loco, decidiram formar uma parceria para lançar um canal com esquetes humoradas e ácidas abordando temáticas que eles não conseguiam fazer na televisão no tempo em que eram roteiristas. Eles convidaram para se juntar a concepção do projeto Gregório Duvivier, que também era roteirista e estava infeliz com as restrições televisivas, e João Vicente de Castro, publicitário que trazia uma visão comercial do trabalho. Em março de 2012 os cinco amigos registraram oficial o Porta dos Fundos, que teve o primeiro trabalho liberado em 6 de agosto de 2012.[8] Em 6 meses, a marca de 30 milhões de visualizações no site de compartilhamentos de vídeos YouTube foi alcançada. A maior parte de seu público possui idades entre 20 a 45 anos.[9]
O Porta dos Fundos se tornou o maior canal brasileiro no YouTube em abril de 2013,[6][10] tendo sido ultrapassado pelo canal do Whindersson Nunesem outubro de 2016.[11] Em novembro de 2015 a equipe do Porta dos Fundos recebeu o Play de Diamante, a maior recompensa dada pelo Youtube aos criadores de conteúdo que alcançam a marca de 10 milhões de inscritos. O prêmio foi dado à equipe durante o evento denominado Youtube FanFest realizado naquele ano pela primeira vez no Brasil. Mundialmente, é o 6º canal com mais inscritos entre canais de comédia[12] e o 35º com mais inscritos em geral (em outubro de 2016).[13]Em 08 de novembro de 2015 o Porta dos Fundos comemorou o recorde de 2 bilhões de visualizações em todos os vídeos publicados no Youtube, sendo o vídeo denominado “Na Lata” responsável por 20 milhões de visualizações.
Bem, todas as infos acima esta no wikipedia e lá você pode saber mais ainda. Agora o que me chamou atenção é porque lançar um curso on line?
Legal aqui também falar sobre foco e oportunidade quando direcionamos o nosso processo de branding.
Vou utilizar aqui o case da Amazon. Anos e anos a Amazon vendia livros e só livros e logo que solidificou a marca ela então passou a introduzir novos produtos passando a ser lembrada como empresa de market place.
Hoje não preciso nem dizer o que aconteceu com uma das marcas mais valiosas do planeta. Certo?
Bem. Agora olhando para este case e trazendo a reflexão do Porta dos Fundos o que podemos supor aqui:
já é uma marca solidificada como uma das maiores produções de conteúdo do Brasil. Ou seja tem suficiência de falar sobre isso
Encontrou uma oportunidade no mercado EAD e pensou: porque não oferecer o que sabemos para aumentar nosso escopo de produtos entregando algo de extremo valor e que somos reconhecidos por isso?
Fez o curso do Erico Rocha 6 em 7 e resolveu testar sua audiência e engajamento de fãs.
Buscaram modificar seu propósito validando a importância do seu produto para toda e qualquer pessoa que se interesse em fazer acontecer em conteúdos. Como eles.
Estão ampliando o leque de produtos colocando no “carrinho” oportunidades diferentes para entregar a sua audiência
E por ultimo e talvez aqui com uma pitadinha de “maldade”, risos, podemos achar que o Youtube não está pagando tanto mais.
Bem, eu resolvi escrever sobre isso porque qq que seja o motivo tem a ver com VENDA. Tem a ver com a oportunidade de se destacar em um cenário e trazer para as pessoas a oportunidade de produtos e serviços que possam ser oferecidos como negócio, aprendizado ou lição.
Vender é ajudar pessoas a decidir sobre algo que ela nem sabe que necessita.

Bons negócios.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

SIGA A PRI NAS REDES SOCIAIS